quarta-feira, 1 de março de 2017

25 Motivos pelos quais preferimos Superman e da Mulher-Maravilha como um Casal!



Aqui estão 25 razões pelas quais Superman e Mulher-Maravilha são um casal perfeito! Em Homenagem ao mês dos namorados leiam e se divirtam com os motivos de Clark e Diana serem um dos maiores casais de Super-Heróis das histórias em quadrinhos!

1. Eles são o mais perfeito exemplo de simetria num casal de super-heróis; Emocionalmente e fisicamente. Se você quer uma relação de iguais, então é isso que você quer  definitivamente. Um relacionamento em pé de igualdade, sem nenhuma superioridade entre as partes.

2.Além de poderem lutar juntos, Diana e Kal são um dos poucos seres no universo DC capaz de parar um ao outro caso necessário – Não é perfeito?

3. Eles são diferentes em suas essências e de certa forma se completam: Ele é filho de um fazendeiro com uma herança intergaláctica e ela filha de uma Rainha de uma sociedade matriarcal/Guerreira. Isso pode ser um choque Cultural inicialmente, uma colisão de mundos e filosofias. Porém, isso gera mais oportunidades de desafios entre ambos. Compreensão, crescimento e aprendizado, que com o tempo, acaba por diminuir essas diferenças diferenças.

4. Seus temperamentos se complementam. Um sempre tem algo que falta ao outro, como por exemplo: Clark as vezes precisa daquele “empurrãozinho”; Diana as vezes daquele freio – Um equilíbrio perfeito!

5. Se a Mulher-Maravilha é a Guerra o Superman é a esperança! E toda guerra precisa de esperança pra não se perder na escuridão das batalhas! - Mais um elemento de equilíbrio entre os dois!

6. Eles sabem que tem responsabilidades com o mundo e precisam fazer sacrifícios o tempo todo. Eles aceitam isso sem cobranças sufocantes e questionáveis – É um amor a humanidade incondicional.

7. O Amor dos dois não é um obstáculo. Ele é um vínculo que dá suporte a suas missões, auxiliando-os a cumprir seus objetivos de ajudar a humanidade. Ou seja, melhorar o mundo. Diana lutou a princípio por conta de sua educação Amazona: forte e independente. Mas com o tempo na terra ao lado do Superman, aprendeu que o amor não é uma fraqueza, mas uma força incomparável do universo.

8. Os dois debateram, discutiram e refletiram sobre questões morais e éticas ao longo de sua jornada, porque só juntos poderiam verdadeiramente entender um ao outro sobre suas responsabilidades e expectativas enfrentadas como Superman e Mulher Maravilha.

9. Mesmos juntos eles conseguem ser independente em suas vidas, o que é maravilhoso, já que, não atrapalham em nada o desenvolvimento em suas histórias solos.

10.Cada um deles cumpri seu papel individual com afeto: Ele como um repórter investigativo, que encontrou nessa profissão uma forma de ajudar as pessoas expondo fatos e divulgando a verdade. Ela como uma Princesa amazona/embaixadora. Mediando conflitos e buscando a convivência pacífica entre os povos – Paz.
E tem seus papéis como Superman e Mulher Maravilha que são de extrema importância ao mundo. Trazendo esperança e inspirando a raça humana a dar o seu melhor sempre.

11. Eles compartilham uma visão similar do mundo em relação a humanidade. Sempre buscando a verdade através da confiança e compaixão.

12. O bem-estar do mundo sempre vem em primeiro lugar. Eles nunca se colocaram primeiro diante de inocentes. Nem Diana permitiria que Clark deixasse inocentes se ferirem para salvá-la antes que outras pessoas. Eles estão prontos para se sacrificar ou sacrificar seu amor pelo bem maior. 

13. Ela é a mais pragmática dos dois; enquanto ele é o mais idealista. Isso gera um bom equilíbrio na relação.

14. A solidão inata de ambos é minimizada quando estão em companhia um do outro. Quem melhor pra entender um estrangeiro do que outro estrangeiro na mesma situação que a sua? Melhor ainda se esse estrangeiro for sua alma gêmea não é mesmo? Nem dá tempo de se sentir só direito...

15. Ambos são avatares da verdade. Esse substantivo define bem o seu relacionamento.


16. Ela eleva a sua autoestima e o desafia a ver “o líder” em si mesmo. Como uma princesa herdeira de um trono de Rainha, ela compreende questões de soberania e de ter de inspirar um povo. Ela sabe que os melhores líderes são aqueles que não estão com fome de poder e não se veem como tal.


17. Eles não definem a moralidade um do outro. É um das coisas mais estúpidas que alguns escritores têm feito ao longo dos relacionamentos de Super-heróis com seres humanos. Eles tornam o humano pilar dos deuses. O guia definitivo de sua bondade e bem feitoria. O Superman só é bom por causa da Lois; Diana por causa do Trevor. Então me desculpe, mas eles não são bons, são só adestrados mesmo. Isso não é nada heroico e totalmente sem noção.

18. Como líderes naturais eles precisam ser fortes e determinados para com os outros. Mas podem relaxar na presença um do outro e ser apenas um casal Normal.

19. Quando eles treinam ... A disputa é real. Diana não dá moleza. Ela é um adversário real e quer realmente ganhar! Ela traz à tona um lado competitivo de Clark que ele nunca soube que tinha. Isso torna tudo mais interessante.

20.Quando eles fazem amor é como verdadeira paixão e liberdade. Sem precisar se segurar.

21. Seus amigos, aliados e familiares possuem vínculos comuns.
Kara sempre olhou para Diana como uma irmã mais velha. 
Conner também, apesar de um pouco apaixonado por ela (são os Hormônios..são os hormônios..)
Donna olhou para Clark com admiração e respeito, como alguém capaz de inspirar a todos.

Batman é o melhor amigo de ambos e está destinado a se tornar o padrinho de seus filhos.

22. Ela nunca teve medo do Superman. Enquanto as pessoas acham que o romance deles é clichê por serem dois indivíduos forte, a verdade é que o que aproxima eles é totalmente o oposto disso. Ela é uma guerreira e filha de um poderoso deus, e sabe o que é o poder, mas isso não a atrai em nada. É sua nobreza, compaixão, bondade, humildade, protegendo os fracos e oprimidos que faz com que ela se apaixone por ele. Diana adora ouvir e incentivar as histórias de Clark sobre interesse humano e as transformações que ele ajuda a realizar -sem precisar de superpoder algum - na humanidade. Isso permite a ela entender o mundo, se conectando e se ajustando melhor a ele (o mundo).

23. A inocência de Diana com relação a nossa cultura traz um “Quê” especial a relação deles. Simples rituais e coisas cotidianas do modo de vida ocidental são suficientes para deixá-la surpresa e admirada ao mesmo tempo. Enquanto o mesmo ocorre com Kal em relação a cultura Amazona, que
tem rituais por vezes opostos. É muito divertido esses choques de cultura quando bem utilizados em suas histórias.

24. Ele ama a sua ferocidade. Diana consegue ser majestosa, segura e gentil ao mesmo tempo, mas sem ser boçal. Ela trata as pessoas de todas as classes com dignidade e respeito; E ele admira isso. Uma princesa privilegiada que escolhe lutar a batalha interminável de tentar melhorar o mundo e avançar nas causas sociais; Enquanto poderia simplesmente se sentar e governar seu povo em sua ilha. É incrível a dedicação dela nas causas sociais e das mulheres, inclusive boa parte de seu tempo ela passa com os órfãos e refugiados lhes oferecendo conforto e apoio.

25. O potencial para expandir o universo de Superman e Mulher-Maravilha é imenso. Abordagens envolvendo Contos Alienígenas, Mitológicos e envolvendo Magia são apenas alguns exemplos para explorar essa união. - Que foi mal aproveitado durante Os novos 52, principalmente pelo tempo curto da revista conjunta dos dois (2 anos).
O Escopo é muito amplo, dá para termos histórias épicas, criação de coisas novas como vilões, heróis, universos, conceitos etc.
A ideia destes dois de terem filhos por exemplo. Seria legal ver como eles iam lhe dar com a situação, principalmente a Diana, que tem uma cultura muito diferente. Os ensinamentos e lições que passariam aos pequenos, as situações inusitadas que isso geraria..seria incrível se bem explorado. Uma combinação de duas heranças sempre rodou nosso imaginário de fãs e nunca foi explorado a fundo realmente.

E você, acrescentaria mais alguma coisa a essa Super-união-maravilhosa?





2 comentários:

  1. Não podia dar uma definição melhor para tais justificativas que defendem a relação entre esses dois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! São feitos um pro outro sem dúvidas!

      Excluir