segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Uma breve homenagem aos 75 Anos da Mulher-Maravilha



O que falar dessa personagem incrível, que me conquistou durante a fase adulta? Bom, sempre fui fã de carteirinha do Homem de Aço, desde a infância, quando amarrava uma toalha vermelha em volta do pescoço e corria pelo quintal pra "voar". Mais pra frente, meu pai resolveu colocar SKY lá em casa e eu ficava horas do meu dia esperando pra assistir As aventuras do Superman (ou seria Super-Homem? Na época eu achava que eram personagens diferentes – mas vai, eu só tinha 10 anos Haha). Meu interesse por Super-Heróis começou a despertar aí. Li minha primeira HQ aos 12 anos – uma revista da Liga da Justiça, onde os heróis enfrentavam Protex (senão me engano) em uma guerra dos Mundos – Grant Morrison era o autor.
Após essa primeira aventura comecei a me interessar por Hqs e comecei a colecionar o Gibi do Superman pela Panini, que vinha com 3 estórias do herói e 1 da Mulher-Maravilha. Confesso que a princípio não gostei das histórias da Amazona, sentia que faltava algo que me conectasse a personagem. Era uma época (2002 a 2005) em que tanto o Superman quanto a Mulher-Maravilha estavam em péssimas fases (O Batman estava no auge, pelo menos aqui no Brasil) e me restou apenas curti as aventuras da Liga da Justiça. Por mais estranho que pareça, Superman e Mulher-Maravilha eram melhores em equipe do que sozinhos – A Revista da Liga era melhor do que a solo de ambos, não quer dizer que eles não funcionasse sozinhos, nada disso, eles careciam apenas de bons autores em suas respectivas revistas.
A Liga da Justiça tinha aventuras bem melhores e os dois personagens brilhavam. Superman sempre  forte, confiante e emanando esperança. Mulher-Maravilha forte, bela, corajosa e enérgica! Eu adorava ver os dois em ação. Então eu comecei a me e interessar mais pela Diana. Procurei histórias mais antigas e atuais, paralelas a revista solo, mini-séries e outras edições especiais da personagem, para que pudessem tirar aquela falsa impressão que tive em 2002 quando a conheci. Encontrei muitas histórias que me encantaram, como: Mulher-Maravilha: O Espírito da Verdade, O Círculo, Liga da Justiça: Deuses & Monstros (apesar de ser uma estória da Liga, Diana era o Foco aqui) dentre outras mais.
Nas revistas mensais, a Mulher-Maravilha teve sua melhor fase, na minha opinião, durante os Novos 52, apesar de as estórias caírem bastante após a saída de Brain Azarello. Foi a versão da personagem que mas me
agradou, principalmente pela ênfase no aspecto Mitológico/Guerreiro da personagem, mas sem perder seu amor, honra e respeito pelas formas de vida. Estou muito ansioso  pela estréia de seu 1º Filme, que tem tudo pra arrebentar nas bilheterias e trazer uma história arrasa quarteirão com muita riqueza e profundidade sobre a personagem, explorando-a de forma que o público se sinta cativado por aquela que é a maior Super-Heroína de todos os tempos, o ícone de toda mulher forte e independente: A Mulher-Maravilha!
A Princesa Amazona me conquistou depois de adulto, me fez sentir novamente como criança ao ler suas histórias e me fez admirar ainda mais as mulheres da minha vida.

Meus parabéns a essa Super-Heroína Maravilhosa que representa as Mulheres com elegância, força e independência!




Nota* Fiquei um tempo sem postar por conta do meu celular que quebrou a uns 2 meses, é ele que uso pra digitar meus textos do blog. Só pude comprar um novo por agora no Black friday. Vou voltar a postar com um pouco mais de frequência. Abraços.

5 comentários:

  1. Se sabe se na nova animação da liga sombria o Super e a Diana ainda estão junto? Comecei acompanhar as historias da Diana nas hqs da Liga Os melhores do Mundo.O arco dela contra o Darkseid é otima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandro eles estão sim. Nessa animação ainda estaremos acompanhando a versão dos Novos 52. Até então não houve um "Reboot" nelas - e eu espero que não haja tão cedo Hhahaha tem muita história legal pra contar sobre os Novos 52, principalmente fazer uma animação focada no CASAL PODER.
      Abraços.

      Excluir
  2. Seria o bicho num é não, se aquele arco deles contra o Zod e Faora seria demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara aquele arco é sensacional!! Ainda tenho esperanças duma animação deles, a DC não vai esperdiçar esse potencial com toda certeza!Vamos torcer!!

      Excluir